Casan fora

Justiça de Caçador restabeleceu a legalidade de licitação da prefeitura para concessão do sistema de saneamento e julgou ilegal dispensa de licitação com contratação da Casan em dezembro de 2016. Decisão do juiz Ildo Fabris Junior, acolhendo mandado de segurança impetrado pleo advogado Rafael Horn, confirmando liminar já concedida à Brookfied, sucessora da Odebrecht Ambiental, vencedora da licitação.

Fonte: Diário Catarinense – Moacir Pereira | Pág. 12 | 28.04.2017