Seu direito após um acidente

Janaína Marques da Silveira, advogada

Os acidentes de trânsito no Brasil contabilizam a morte de 4,1 mil pessoas por mês. Esse número mostra a importância de dois trabalhos: aquele que tem o objetivo de evitar os acidentes e aquele que minimiza seus impactos. Mas se as campanhas de conscientização por um trânsito mais seguro são bem conhecidas, o auxílio às vítimas, especialmente via Seguro DPVAT, começa agora a ganhar mais atenção do cidadão.

No primeiro semestre, o número de indenizações pagas pelo seguro a vítimas de trânsito no país subiu 14% em relação ao ano passado. Dois fatores são apontados para esse crescimento: o aumento no número de acidentes e o esclarecimento à população quanto ao direito à indenização. Assim, o DPVAT indenizou no primeiro semestre mais de 340 mil pessoas no país, número significativo quando comparado aos últimos três anos, sendo inclusive mais que o dobro dos benefícios pagos no período equivalente em 2011.

Apesar disso, o número poderia ser ainda maior. Isso porque há pontos que precisam ser esclarecidos sobre o DPVAT à população. O mais importante para a realidade catarinense é deixar claro que não é preciso recorrer ao Judiciário.

A solicitação do benefício securitário pode ser feita nos postos de atendimento da Seguradora Líder ou via agência dos Correios, bastando apresentar a lista de documentos disponibilizada no site da Seguradora Líder.

Todos que sofreram com acidentes de trânsito, ou seus familiares, são indenizados, pois estamos diante de um seguro social que cobre, dentro do limite estabelecido na lei, morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas. Para os casos que seguem na Justiça, o Poder Judiciário estruturou um Núcleo de Conciliação de Conflitos que se apresenta por todo Estado na forma de mutirões de conciliação, nos quais as partes conseguem finalizar seus processos de forma célere, o que se tornou uma excelente alternativa para resolver o grande volume de ações ajuizadas.

Fonte: Diário Catarinense – Artigos | 08.10.2014